Ferramenta de Valores Parte 3 | Ferramentas de Coaching Geronimo Theml

Transcrição:
Faaala coach, eu sou o Gerônimo Theml, idealizador do programa profissão coaching e do ferramentas de coaching. Este é o terceiro video de ma série de 3, onde estou te ensinando como aplicar a ferramenta que não pode faltar em nenhum processo de coaching, que é a ferramenta de valores.

Na primeira aula eu explico os fundamentos da ferramenta de valores, a segunda aula eu ensino passo a passo da aplicação, e aqui é a terceira aula que a gente vai fazer o fechamento.

Veja também

A gente falou basicamente que valores governam as nossas decisões, eu faço a sessão em todos os meus processos de coaching e nesse momento da ferramenta, e essa ferramenta é uma coisa é a terceira versão dela, a primeira eu usava não gostei, a segunda não gostei, eu desenvolvi essa que retira o melhor dos clientes. Até hoje a melhor ferramenta de valores que eu já vi. que eu já apliquei. já testei outras, já testei outras até depois de ter testado esta, e eu continuo gostando dessa como a melhor ferramenta de valores.

Nesse momento você está praticamente no último passo com teu coachee. Você já identificou quais são os cinco valores principais dele e agora vem a último momento do programa, da sessão, o ápice e é o momento também mais difícil. Só que o seguinte, fazer essa parte da ferramenta de valores  é uma habilidade e toda habilidade se adquire com conhecimento, prática e repetição. Então essa é mais uma  ferramenta que você, esse é o momento que precisa praticar, vai conhecer agora, precisa praticar, repetir até ficar fera nela como eu fiquei.

Então, qual é esse momento agora, é você botar em ordem os valores da pessoa, porque os valores além deles governarem nossa decisão eles são em ordem e como que a gente bota em ordem de uma forma show? O primeiro passo para botar em ordem é você deixar o próprio coachee dizer: cara, na tua opinião (muita gente pergunta pra mim assim: Gerônimo, e qual é o to do, qual é a tarefa da pessoa depois de uma sessão de valores que é meio abstrata. Vou te dizer no final como é a tarefa que eu passo pra pessoa ou que eu tiro dela,que num mundo perfeito ela diz qual é a tarefa, mas eu te falo no final.).

Então olha só, o primeiro passo é você dizer: cara, na tua visão, qual é a ordem que você acredita desses valores que governa as suas decisões? Deixa ele dizer. Vamos imaginar que ele no mundo, na cabeça dele, tenha posto,  só para facilitar nessa mesma ordem aqui tá, primeira honestidade, segundo desafio, terceiro contribuição, quarta excelência, quinto respeito. Qial é o teu papel agora pra você validar com ele se essa é realmente a ordem. É o seguinte, você vai verificar com ele se a situações concretas onde honestidadee  desafio, onde os valores dele se conflitam, olha só que interessante, você pode virar pra ele e falar: cara, beleza, então entendi que a honestidade é número um pra você, desafio número dois. Vamos pensar  uma situação, vamos imaginar que você está numa competição. E você está chegando no final da competição e descobre uma forma que se você fizer a ali, dar uma curva mesmo passando por cima da calçada você vai ganhar aquela prova, galera lá esperando medalha de ouro, você faria? Se ele disser pra você assim: Cara, de jeito nenhum, eu perco isso, eu perco a prova mas eu não faço um negócio que não é tão legal. Então validou, honestidade ganha.

Agora ele diz pra você assim: rapaz, eu acho que eu passo por ali só para ganhar, só para ser desafiado, só para ser o número um. Então, o que ele acabou de descobrir, que o desafio é mais forte do que a própria honestidade. Então num mundo perfeito isso é uma habilidade de novo que você vai confrontando cada um desses valores, um com o outro, pra você entender qual que vai estar na ordem e assim você vai confrontando os valores. Ah beleza, então desafio ganha de honestidade. Vamos ver se contribuição ganha. E você vai e mostra. Por exemplo, tem uma pessoa passando mal, você tem a carteirinha do teu plano de saúde, você pode emprestar a carteirinha do plano de saúde para ela, para ela poder fazer o exame que está precisando, você empresta? Eu eu não empresto, honestidade pra mim é mais importante do que a contribuição. Então validou, então contribuição realmente perde pra honestidade e assim você vai fazendo, entende. É excelência com contribuição, você tem que ajudar uma pessoa só que o que está fazendo para pessoa não é tão bom, tá meia boca, não está no nível de excelência que gostaria de fazer, você deixa de ajudar ela para transformar em algo mais perfeito ou você ajuda meia boca. Não, contribuição, prefiro ajudar, a pessoa está passando necessidade. Ah, então beleza e tal contribuição grande excelência e assim você vai fazendo.

Caramba Gerônimo, isso é uma parte difícil né. Não é difícil, é simples, mas demanda treino. Habilidade se adquirire com conhecimento, prática e repetição. Só para você ter uma ideia, há pessoas que tem por exemplo, o desafio como número um, eu tenho clientes que dizem: agora entendi porque eu fico mudando de emprego toda hora, porque eu tenho valor do desafio. E eu quero dar uma sacada para você ensinar pro teu coachee,  ele vai falar assim, certo, o que eu faço com isso aqui agora? Simples, antes de você mudar de emprego você vai se perguntar assim, isso você explicando. Sabe porque isso é importante,  porque antes de você tomar uma medida drástica na tua vida, antes de largar o emprego público, antes de trocar de emprego, antes você tomar medidas drásticas,você vai se perguntar assim: cara, existe alguma forma que eu possa respeitar o meu valor de desafio sem trocar de emprego? A pergunta é: será que existe alguma forma de fazer exatamente a mesma coisa respeitando o meu valor da honestidade?

Vou dar um exemplo, uma vez eu estava, e esses valores são muito forte pra mim tá, uma vez eu estava numa competição acirrada com uma das pessoas mais top que eu conheço, e a competição estava extremamente acirrada e ai eu e meu time tivemos uma ideia. Só que a gente não tinha certeza que essa ideia era honesta, que a gente fez? Existe alguma forma da gente fazer isso respeitando a honestidade? Vamos perguntar a organização do evento se pode ou não fazer aquilo. E aí a organização falou, pode, então a gente fez e ganhou a competição. Então a gente respeitou o nosso desafio, respeitou à nossa honestidade. Então a pergunta mágica que é: o que eu posso fazer para respeitar aquele meu valor nessa situação, na situação específica que surgir? Ensina isso pro seu cliente que vai adorar.

E pra terminar a sessão de ferramenta de valores com teu coachee, você vai primeiro perguntar pra ele:  cara, e agora que você conhece seus valores,o que você pode fazer, conhecendo os seus valores, para levar você na direção do que você quer pra tua vida. Você já validou com ele na primeira sessão o que ele quer pra vida dele, os resultados esperados dele, o  que você pode fazer de hoje até nosso próximo encontro, para respeitar os seus valores, alguma coisa que talvez você hoje esteja desrespeitando um valor teu e que está te fazendo mal, o que você pode fazer? Essa é uma pergunta e deixa ele falar, é tarefa dele da semana.

Ferramenta de Valores – Parte 1 – Parte 2 e Parte 3 – com Gerônimo Theml

Video 1: Ferramenta de Valores | Ferramentas de Coaching
https://portalcmc.com.br/ferramentas-de-coaching-valores-parte1

Video 2: Ferramenta de Valores | Ferramentas de Coaching
https://portalcmc.com.br/ferramentas-de-coaching-valores-parte2

 


você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao navegar pelo site, presumimos que você aceita o seu uso, mas você pode desativá-lo se desejar. Aceitar Leia mais